Grupo Volkswagen domina pavilhão em Paris

Sete das oito marcas do grupo estão exibindo suas novidades na mostra parisiense

Líder no mercado europeu, forte nos territórios chinês e latino americano, o Grupo Volkswagen sabe que, para alcançar a ambiciosa meta de se tornar líder mundial até 2018 precisa alavancar o seu desempenho em alguns mercados, incluindo os Estados Unidos. Mesmo em meio a crise que ainda assola a Europa, o grupo levou ao Salão de Paris 2012, sete das suas oito marcas.

Estão expostos por lá, além de veículos da VW, também modelos da Audi, Skoda, Seat, Lamborghini, Porsche e  Bentley – todas estão reunidas no quarto pavilhão do centro de exposições. A única pertencente ao conglomerado e que ficou de fora é a Bugatti, fabricante de alto luxo.

Sem dúvida, o maior lançamento do grupo na mostra parisiense é a sétima geração do VW Golf, modelo mais vendido na Europa e que acumula 29 milhões de unidades comercializadas ao redor do mundo. Para continuar mantendo o sucesso que o modelo vem conquistando há 38 anos, o visual do hatch foi repaginado pela equipe do chefe de designer da marca, Walter de Silva.

Mas as mudanças não param por aí. A VW também faz questão de ressaltar que o novato está mais seguro, confortável, leve e econômico em relação ao antecessor.  Em termos de peso, ele é 100 quilos mais leve que o modelo de sexta geração. Na gama de versões, o destaque é a configuração 1.4 turbo de 140 cv, equipada com tecnologias que ajudam a reduzir o consumo de combustível, como o sistema start-stop e desligamento de cilindros, de acordo com as circunstâncias de rodagem. As outras opções da gama são o bloco 1.2 de 85 cv (gasolina) e 1.6 de 105 cv e 2.0 de 150 cv (os dois a diesel). Há a versão “verde”, batizada com o conhecido nome BlueMotion, que promente emissões de 85 g/km e consumo de 31 km/l, de acordo com a VW.

Outra fabricante que está atraindo holofotes no salão é a espanhola Seat, com destaque para o lançamento do novo Leon, que teve as medidas externas reduzidas em relação ao modelo anterior, mas oferece mais espaço interno, incluindo 40 l de volume no porta-malas de 380 l. O hatch conta com uma gama de versões ampla, composta por quatro motores a diesel (1.6 TDI de 90 cv e 105 cv e 2.0 TDI de 150 cv e 184 cv) e três a gasolina (1.2 TSI de 86 cv, 1.4 TSI de 122 cv e 1.8 TSI de 180 cv).

A Audi também apresenta novidades relevantes, como o compacto S3, que traz sob o capô o novo motor 2.0 TFSI (turbo), de 300 cv e 38,7 kgfm de torque, acoplado à transmissão automatizada de dupla embreagem S-Tronic, de 6 marchas. Vale destacar que o bloco ganhou uma injeção de 44 cv a mais, já que geração anterior do motor 2.0 TFSI rende 256 cv e o torque de 33,6 kgfm.

E para apimentar ainda mais a brincadeira, o “foguetinho” alemão conta com  sistema de tração  integral. Segundo a Audi, o S3 acelera até os 100 km/h em 5,1 segundos (0,4 segundo mais rápido que o anterior) e tem velocidade máxima limitada em 250 km/h. E não dá para não mencionar o esportivo RS 5 cabrio de poderosos 450 cv.

O estande da Audi ocupa o mesmo espaço no pavilhão com as supermáquinas da Lamborhini, que destaca nesta edição do salão algumas soluções para o imponente Gallardo e com a Porsche, que exibe o 911 com tração integral e a perua esportiva Panamera Sport Turismo.

*fonte: carsale.uol.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s